hands-2906458_1280

Estado nutricional dos idosos e COVID-19

Orientações para uma alimentação mais saudável.

A população idosa é um dos grupos mais afetados pela pandemia por COVID-19, tendo um maior risco de doença grave e, por essa razão, é particularmente aconselhada a adotar medidas de prevenção como o distanciamento social e o isolamento. 

As medidas de prevenção para minimizar o risco de infeção pelo novo coronavírus podem contribuir para um agravamento do estado nutricional dos idosos. O mau estado nutricional leva ao aumento do risco de complicações em caso de doença, estando associado a um maior risco de mortalidade.

É fundamental promover uma alimentação saudável à população com mais de 65 anos e, para este efeito, fazem-se as seguintes orientações:

  • Consumir leite ou derivados 2 vezes por dia;
  • Consumir fruta 2 a 3 vezes por dia;
  • Consumir leguminosas (por ex. feijão, grão, ervilhas, lentilhas, favas) 3 vezes por semana, por exemplo através da sua adição à sopa;
  • A sopa de hortícolas às refeições principais, sendo uma ótima fonte de vitaminas e minerais e ajuda a hidratar;
  • Consumir carne, peixe e ovos às refeições principais, sendo que o peixe gordo (atum, sardinha, salmão, cavala) deve consumido 2 vezes por semana;
  • Fazer refeições frequentes ao longo dia (cerca de 5 a 6 refeições), tendo em conta a diminuição do apetite e a alteração do paladar;
  • Manter a oferta frequente de água em pequenas quantidades ao longo do dia é essencial. A ingestão diária deve variar entre 1,5 e 2 litros de água, o que equivale a 8 copos de água. As águas aromatizadas e as infusões podem ser opções a considerar, preferencialmente sem adição de açúcar.

Estudos têm mostrado uma elevada prevalência de desnutrição nos idosos que testam positivo para a COVID-19. Estes dados são bastante preocupantes uma vez que a desnutrição na população idosa portuguesa varia entre 15,8% e 38,7%. 

Assim, é importante melhorar o estado nutricional desta população e reduzir os riscos de existirem complicações associados à pandemia causada pelo novo coronavírus SARS-COV-2. 

Fonte: DGS, 19/03/20. Novo Coronavírus – Alimentação. Acedido em: 21/01/21

DGS, 27/05/20. Manual de Intervenção Alimentar e Nutricional na COVID-19.

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Subscreva

Deixe os seus contactos para lhe enviarmos um resumo semanal das novas publicações para o seu email