supermarket-949913_1280

FAZER COMPRAS EM TEMPOS DE PANDEMIA

Em segurança.

Numa situação pandémica, como a que estamos a viver atualmente, em que é necessário estarmos em isolamento e distanciamento social, é importante garantir a disponibilidade de alimentos que assegure as necessidades alimentares da população por um período mais alargado de tempo. A ida aos supermercados é um momento de responsabilidade uma vez que é essencial comprar apenas as quantidades necessárias para não haver exageros e para diminuir as deslocações. 

Neste contexto, de maior pressão sobre as cadeias de abastecimento alimentar, apresentam-se algumas recomendações para o planeamento e para a compra, nomeadamente o tipo de alimentos a dar preferência e em que quantidades.

As seguintes orientações têm o objetivo de contribuir para uma compra de alimentos responsável e adequada à situação atual do mundo. Estas orientações são um incentivo para comprar alimentos que tenham maior durabilidade e, ao mesmo tempo, não só promove hábitos alimentares saudáveis como também reduz a frequência de ida aos supermercados. 

O que deve ter em consideração para planear as compras? Fazer uma lista de compras organizada é essencial.

Para isso deve:

  • Verificar os alimentos disponíveis em casa;
  • Verificar a capacidade de armazenamento no frigorífico e no congelador;
  • Planear as diferentes refeições que pretende fazer, assegurando a utilização dos alimentos que ainda tem disponíveis em casa e de modo a que seja possível não esquecer todos os alimentos e ingredientes específicos e necessários para a sua confeção;
  • Comprar essencialmente alimentos que fazem parte de um padrão alimentar saudável, ou seja, Roda dos Alimentos e respeitando as proporções respetivas.

O que deve ter em consideração no momento da compra?

  • Verificar e cumprir a lista de compras;
  • Optar por alimentos que tenham um prazo de validade mais longo;
  • Garantir que o cesto de compras tem equilíbrio entre alimentos com menor e maior durabilidade. Os alimentos com menor durabilidade podem ser adquiridos, no entanto deverão ser os primeiros a ser consumidos;
  • Preferir alimentos de elevado valor nutricional, reduzindo o consumo de alimentos que fornecem muita energia e poucos nutrientes;
  • Assegurar a compra de produtos frescos, como fruta e hortícolas, preferindo aqueles que apresentam uma maior durabilidade e/ou produtos congelados de acordo com a capacidade de armazenamento. 
  • Considerar os serviços de entrega ao domicílio caso seja possível;
  • Nas idas às compras devem ser asseguradas todas as precauções para minimizar o risco de infeção para o próprio e para os outros:
  • Evitar tocar nos alimentos a não ser para colocar no carrinho de compras;
  • Cumprir as distâncias de segurança (manter-se a pelo menos a um metro de distância das pessoas);
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos;
  • Fazer uma higienização adequada das mãos antes e depois da ida às compras;
  • Não usar as mãos ao tossir ou espirrar, usar um lenço de papel ou o antebraço.

Fonte: DGS, 19/03/20. Novo Coronavírus – Alimentação.

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Subscreva

Deixe os seus contactos para lhe enviarmos um resumo semanal das novas publicações para o seu email