help-3049553_1280

Isolamento não é desculpa para a violência, nem para o silêncio!

Estratégias para vizinhos, amigos e família.

Nesta altura do distanciamento social, pode acontecer uma intensificação dos comportamentos violentos nas famílias com historial de violência e pode também ocorrer em ambientes onde não existia violência doméstica, passando a ser uma nova realidade para a família.

Não existem relacionamentos “normais”, mas existem relacionamentos saudáveis e não saudáveis. Relacionamentos onde existe violência, não fazem parte das relações saudáveis.

Sendo a violência doméstica um crime público, qualquer pessoa pode e deve denunciar, seja a própria vítima, um familiar, um vizinho, um amigo ou outra pessoa que se aperceba desta realidade próximo de si. Cada vez mais, necessitamos de uma mobilização coletiva da comunidade para sinalizar os casos de violência, nunca foi tão importante como agora termos redes de vizinhança que funcionem. 

Estar distante fisicamente não significa estar distante afetivamente e relacionalmente. Todos podemos desenvolver estratégias para ajudar quem mais precisa.

Podemos e devemos ajudar! 

Conheço alguém que é vítima de violência doméstica, o que posso fazer?

Estar atento aos sinais de alerta de violência: físicos – lesões corporais mal explicadas (ex. hematomas, nódoas negras ou queimadoras) ou emocionais (nervosismo, ansiedade, medo, sintomas de depressão), entre outros.

. Mostre que está disponível e aconselhe a vítima a pedir ajuda, mas respeite o seu ritmo, não a pressione, não julgue nem coloque em causa o que a vítima diz e sente. 

. Combine um código de emergência com a vítima (uma palavra, um gesto, um objeto na janela) que possam servir de alerta e consequentemente interromper o comportamento violento ou uma intervenção das autoridades.

. Disponibilize o seu contacto telefónico, num local visível para as pessoas do seu prédio. Uma ajuda inicial de um vizinho/amigo pode ser fundamental para a vítima. 

. Partilhe com a vítima números, serviços disponíveis e informação de alerta, pode, se for mais fácil, colocar no seu prédio (na entrada).

. Ligue para os números de apoio:

 800 202 148   – Linha de contacto gratuita, funciona 24 horas por dia.

 SMS para o número 3060 

(ver mais contactos no artigo anterior)

Deixamos-lhe informação útil, caso queira ler mais sobre o assunto:

https://www.cig.gov.pt/wp-content/uploads/2020/03/RECOMENDA%C3%87%C3%95ES-SEGURAN%C3%87A-VIZINHOS.pdf

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/covid_19_violencia_domestica.pdf

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Subscreva

Deixe os seus contactos para lhe enviarmos um resumo semanal das novas publicações para o seu email